Alunos dos 5º anos produzem livro e participam de noite de autógrafos em Cordeirópolis

Alunos dos 5º anos produzem livro e participam de noite de autógrafos em Cordeirópolis

Em uma noite emocionante, os alunos dos 5º anos da rede Municipal de Ensino mostraram aos seus familiares como é encantador a capacidade de escrever, articular ideias, colocar no papel a fantasia e o imaginário. Para tudo isso, a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Educação preparou um evento especial para celebrar a 5ª edição do projeto “Pequenos leitores e grandes escritores”. Momento este, onde cada estudante recebeu um exemplar do livro que foi elaborado ao longo do ano para registrar sua passagem pela rede municipal de ensino na cidade.

A exibição, conhecida também como “a noite de autógrafos” ocorreu no Centro de Convivência do Idoso e contou com a presença do prefeito, Adinan Ortolan, a secretária de Educação, Angelita Ortolan, a coordenadora do Ensino Fundamental e também uma das organizadoras do projeto, Eliane Boteon Pezzatti, a vereadora, Sandra Santos e representando a Editora Adonis, a senhora Magali Comelato.

O incentivo à leitura e o aperfeiçoamento da escrita é um requisito básico e essencial, assim destacou o prefeito Adinan Ortolan em seu discurso durante a cerimônia. “Acredito que a questão da leitura é muito importante, ler é você viajar sem sair do lugar, e escrever é fazer as outras pessoas viajarem. A pessoa que escreve ela aprende muito mais e desenvolve sua criatividade e a produção deste livro é uma missão de dever cumprido, em que os familiares têm que ficar muito orgulhosos e mostrar para os amigos o que seus filhos fizeram ao longo do ano e guardar como recordação deste momento importante da vida de cada aluno”, relatou.

A secretária de Educação, Angelita Ortolan comentou que depois da visita dos alunos na editora, eles começaram a explorar a criatividade, a desenvolver e aprimorar a leitura e escrita na sala de aula, além de favorecer o desenvolvimento artístico coletivo e a imaginação. “Este trabalho teve início em março quando os alunos foram visitar a Editora Adonis e puderam conhecer de perto “como nasce um livro”, através do contato com o setor de arte, fotolito, estoque, impressão, corte, acabamento e até mesmo a contação de história”, explicou a secretária.

Ao longo da cerimônia, os estudantes foram chamados no palco para receberem seus livros junto aos seus professores de artes, diretores e coordenadores de cada escola. A coordenadora, Eliane Boteon Pezzatti aproveitou para comentar sobre o projeto. “Em 2009, quando o prefeito, Adinan ainda era secretário de Educação no município, ele trouxe esta ideia para as escolas da cidade, a fim de aprimorar o gosto pela leitura e a oportunidade de transformar nossos alunos em autores de sua própria obra. Por isso é que no ano passado retomamos o projeto, para que cada estudante possa levar uma recordação da turma e participar de muitas outras habilidades e emoções através de cada página desse livro”, ressaltou Eliane.