Cordeirópolis recebe Selo inicial do Programa Amigo do Idoso

Cordeirópolis recebe Selo inicial do Programa Amigo do Idoso

Nossa semana iniciou com boas notícias. Cordeirópolis recebeu nesta segunda-feira (11), o Selo Inicial do programa São Paulo Amigo do Idoso, conferido pelo Governo do Estado de São Paulo aos municípios que realizam boas práticas públicas voltadas às pessoas idosas. O selo foi entregue pela secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, ao prefeito municipal, Adinan Ortolan. A cerimônia reuniu mais de 120 prefeitos da região e contou com a presença da secretária da Mulher e Desenvolvimento Social, Elaine Siqueira, da diretora de Políticas Públicas para Idosos, Maria Aparecida B.C. Wolf, da assistente social e presidente do Conselho Municipal do Idoso, Sandra Avi, que também estiveram representando o município.

O evento foi o momento também para realizar a assinatura da transferência de recursos que devem financiar parte dos programas sociais das 121 cidades paulistas que receberão mais de R$ 26 milhões em recursos a serem aplicados com contrapartida municipal em ações de proteção social.

Durante a cerimônia, Ortolan comentou que Cordeirópolis se fez merecedora do Selo, pois cumpriu as ações obrigatórias para garantir a qualidade de vida e a saúde da população idosa. “É nesse momento que reassumimos a importância e a capacidade de planejamento em gestão, para que esses recursos possam atender da melhor forma os programas em nosso município”, destacou.

Em seu pronunciamento, a secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, comentou que os planos municipais de assistência social são a base desse trabalho e que um dos desafios enfrentados pelas gestões nesse momento são as demandas sociais da população que aumentaram bastante nesses últimos anos em razão da crise econômica. “Sabemos que a população do Estado de São Paulo está envelhecendo rapidamente e que a perspectiva é que tenhamos nos próximos 30 anos 25% de idoso no total da população. Por isso, estamos falando de capacidade de planejamento, capacidade de diagnóstico das principais necessidades de cada cidade. Para que todos saibam da responsabilidade dos Conselhos Municipais, no que se refere a definição para aplicação dos recursos, bem como acompanhamento desses gastos, já que o recurso é transferido diretamente as prefeitura em parcelas mensais ao longo do ano”, disse a secretária.

Para a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Sandra Avi, o recebimento do Selo demonstra o compromisso que a gestão de Cordeirópolis tem com o idoso por sua qualidade de vida e seu bem-estar social e continuará objetivando atingir outros níveis do Selo. “Enquanto interlocutora, o trabalho é articular junto com as demais secretarias as ações que proporcionem uma melhor qualidade de vida aos idosos. É um instrumento que nos dá parâmetros para que possamos analisar as condições da pessoa idosa e propor ações, envolvendo o Poder Público e o Conselho Municipal do Idoso na garantia de direitos”, frisou Sandra.