Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase

Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase

Para alertar a população sobre os cuidados com a hanseníase, a Secretaria de Saúde de Cordeirópolis, promove neste mês a campanha Janeiro Roxo que visa conscientizar os munícipes sobre esta doença crônica, infectocontagiosa que atinge a pele e os nervos periféricos. “Nosso objetivo com a campanha é deixar um alerta à população para o diagnóstico precoce, que é fundamental na busca de impedir a transmissão da doença”, ressaltou a secretária de Saúde, Jordana Cassetário.

A doença é transmitida de uma pessoa doente, que não esteja em tratamento, para uma pessoa saudável. “Logo após aderi-la, os sintomas mais comuns são as manchas brancas ou avermelhadas na pele. Portanto, nossa orientação é que as pessoas procurem o serviço de saúde assim que perceberem o aparecimento de manchas, principalmente se apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque. Com o início do tratamento o paciente para de transmitir a doença quase imediatamente”, explicou a secretária.

O que é a hanseníase?

A hanseníase é uma doença infecciosa, que atinge a pele, os nervos e pode levar a deficiências físicas, se manifestando através de manchas e com a diminuição de sensibilidade ao frio, ao calor e à dor.

Transmissão: acontece de pessoas doentes sem tratamento para pessoas saudáveis, pelas vias aéreas superiores (tosse, espirro, fala).

Tratamento: Quanto mais cedo iniciá-lo menores são as agressões aos nervos e é possível evitar complicações. Em qualquer estágio da doença, o paciente recebe gratuitamente os medicamentos para ingestão via oral durante 6 meses a 1 ano. A partir do início do tratamento o paciente não transmite mais a doença.