Obras da reforma e ampliação do Hospital começam dia 17 de fevereiro

Obras da reforma e ampliação do Hospital começam dia 17 de fevereiro

Mais um sonho que está saindo do papel para a saúde de Cordeirópolis: a reforma e ampliação do nosso hospital.

Nesta semana o prefeito, Adinan Ortolan, e os representantes da empresa ganhadora, a Construtora Quality Ltda, Bruno Tot Maluf e Salim Maluf, assinaram o contrato de reforma e ampliação da unidade. Também participaram deste momento o secretário de Obras e Planejamento, Marcelo Coghi, a diretora de Média e Alta Complexidade, Kelen Carandina, a diretora de Administração, Adriane Buzatto, o diretor da Vigilância Sanitária, Vanderlei Ocimar Marangom, o coordenador de Saúde, Thiago Bertie e o vereador, Cleverton Nunes.

Data para começar: 17 de fevereiro de 2020

Essa é a data para o início das obras. “Quando começamos os trabalhos em 2017, uma das nossas prioridades sempre foi melhorar o atendimento para as pessoas que procuram as nossas unidades de saúde e esse projeto de reformar o hospital faz parte disso! Após meses de planejamento com a equipe de Saúde, mais os engenheiros da Prefeitura, com o Departamento Regional de Saúde de Piracicaba e a espera de todos os certificados de garantia e segurança da Vigilância e do Corpo de Bombeiros, finalmente vamos começar as obras no dia 17 de fevereiro, sendo 24 meses para a sua execução”, destacou o prefeito.

A secretária de Saúde, Jordana Cassetário, pontuou as melhorias que serão feitas. “Novos consultórios, recepção, sala de emergência e de atendimento infantil e adulto, posto de enfermagem, banheiros, todos esses locais serão ampliados. Depois de tudo pronto, teremos no mesmo prédio a sede da Secretaria, que por sinal já está pronta, a farmácia, o Centro Odontológico e Central de Ambulância, além de novos equipamentos, evitando a ida do cidadão para outra cidade em busca de realizar exames que ainda não oferecemos. Todo esse investimento está avaliado em cerca de R$ 4,5 milhões”, disse a secretária.

Período de obras

A Secretaria de Saúde informa que nenhum atendimento será cancelado, ou seja, mesmo com as obras a todo o vapor, as consultas continuarão normalmente no hospital, 24 horas por dia. “Nenhum serviço sofrerá alteração. No entanto, é importante lembrar que durante esses 24 meses de obras teremos alguns transtornos, porém pedimos a colaboração de todos, pois é uma obra muito aguardada pela população e que resultará em grandes melhorias para todos”, ressaltou a diretora de Média e Alta Complexidade, Kelen Carandina.