Projeto piloto da Secretaria de Saúde reunirá pais de adolescentes em Cordeirópolis

Projeto piloto da Secretaria de Saúde reunirá pais de adolescentes em Cordeirópolis

Limite e regras, como lidar com a tecnologia com os filhos, deveres e direitos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), afetividade e diálogo, sexualidade e muitos outros. Esses serão alguns dos temas do mais novo projeto “Roda de Conversa para pais de adolescentes”, da Secretaria de Saúde de Cordeirópolis, juntamente com a equipe do Núcleo de Apoio Saúde da Família (NASF).

O objetivo que também terá a parceria dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Jardim Cordeiro, terá início no dia 30 de maio, às 13h, no próprio posto, localizado na Avenida Aristeu Marcicano, 3376. “A proposta é ampliar as ações de prevenção e promoção de saúde dentro da atenção básica, por isso que iniciaremos essas rodas de conversa com pais de adolescentes”, explicou a secretária de Saúde, Jordana Cassetário. “Pensando em promover maior qualidade e fortalecimento de vínculos familiar, para auxiliar no manejo dessa fase sendo as vezes tão difícil para os pais e também aos adolescentes”, acrescentou Jordana.

Convite aos pais
Conforme o coordenador do NASF, Luís Eduardo de Oliveira Silva, será um projeto piloto que terá oito encontros semanais. “Estendemos o convite para todos os pais que desejam participar dos nossos encontros. Orientaremos como trabalhar as demandas do dia a dia e como lidar no desenvolvimento do adolescente. As rodas terão temas como disparador para pensarmos juntos como conduzir melhor as dificuldades dos filhos. Os encontros serão conduzidos por psicólogos e serviço social da equipe do NASF, que estarão à frente das ações”, adiantou Silva.

De início os encontros acontecerão apenas no Jardim Cordeiro, mas o intuito futuramente é estender para o bairro Jardim Progresso. “Se tudo ocorrer bem e se tivermos uma aceitação positiva pela comunidade, vamos estender para outros bairros. No primeiro momento vamos trabalhar a iniciativa no posto do Jardim Cordeiro e já estamos convidando os pais através das consultas e as agentes comunitárias também estão falando nas visitas domiciliares com as famílias”, frisou.