Acessibilidade, convívio social e inclusão foram temas do “Café Sensorial” promovido em Cordeirópolis

Na última semana a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social, promoveu o “Café Sensorial”. O encontro ocorreu na Câmara Municipal e contou com a presença da vice-prefeita, Fátima Celin, da secretária da Mulher, Elaine Siqueira, do secretário de Cultura, Leonel de Arruda, da interlocutora de Libras e pedagoga, Diene Ramalho, da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Milena de Fátima, além dos representes do Poder Legislativo, Sandra Santos e Antônio Marcos (Lemão), técnicos do CRAS, Cadastro Único e os profissionais da rede técnica de atendimento do município.

O evento teve como objetivo despertar a atenção e reflexão dos profissionais da rede de atendimento do município, sobre questões inerentes a percepção dos desafios da inclusão da pessoa com deficiência. Durante o encontro, os participantes trocaram experiências práticas e sentiram os desafios que enfrentam no dia a dia, através de uma demonstração com os olhos vendados, os ouvidos tapados e a locomoção em uma cadeira de rodas. Diante das experiências ocorreram discussões relativas às melhorias de acessibilidade, convívio social diante das diferenças, os avanços necessários, à adaptação dos deficientes com o meio ambiente, interação e inclusão por meio da sociedade.

A vice-prefeita, Fátima Celin, aproveitou o momento para destacar que as questões que envolvem a inclusão, fazem parte do plano de governo da atual gestão e que estes encontros permitem que os servidores possam desenvolver políticas públicas junto ao Poder Público. “É mais um encontro para discutirmos o importantíssimo trabalho desenvolvido em nossa cidade, por meio de ações que vêm sendo apresentadas ao longo do ano, com o propósito de apoiar esta causa e ampliar os projetos tão importantes para que possamos garantir à pessoa com deficiência o que ela mais precisa que é a sua autonomia”, disse Fátima.

Skip to content