Cerca de 200 alunos participam da 1ª formatura do Projeto Educacional “Pé na Estrada”

Mesmo com a chegada da frente fria junto a chuva fina, o clima não espantou o entusiasmo dos alunos dos terceiros anos do Ensino Fundamental das Escolas Municipais e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). O motivo era em razão da formatura do Projeto Educacional “Pé na Estrada”, realizado em Cordeirópolis pela primeira vez. A cerimônia aconteceu na última quarta-feira (25) no Ginásio Municipal de Esportes, “Governador Orestes Quércia”, no centro da cidade.

Os destaques da noite foram os estudantes que estavam acompanhados dos seus professores e familiares. A solenidade contou também com a presença da vice-prefeita, Fátima Celin, a secretária de Educação, Angelita Ortolan, representando a Câmara Municipal, a vereadora, Sandra Santos, a coordenadora do Ensino Fundamental, Eliane Boteon Pezzatti, o capitão da Polícia Militar e Comandante da 4ª companhia do 4º batalhão de Polícia Rodoviária, Jivago Moretto Pedra, o 1º tenente da Polícia Militar e comandante do 2º pelotão da 4ª companhia do 4 batalhão de Polícia Rodoviária, Daniel Dworak Neves, o capitão da Polícia Militar e comandante da 5ª companhia do 36º batalhão, Edson Costa Pereira, além dos membros da Polícia Militar, Rodoviária e equipe de gestão da Secretaria de Educação.

Para a vice-prefeita, Fátima Celin, este projeto educacional de trânsito é um projeto de vida, pois ela acredita que muitas experiências foram compartilhadas durante os encontros e as crianças com certeza serão multiplicadores desse aprendizado. “Neste dia 25 de setembro, celebramos o Dia Nacional do Trânsito, uma data importante para repensarmos em nossos direitos e deveres seja como pedestres ou cidadãos. Com relação à nossas escolas, essa é a primeira turma de formandos, mas será a primeira de muitas, pois a partir de agora o projeto será fixo, pois é de grande importância e os alunos dos terceiros anos do que vem poderão participar também’, comentou.

Em seu discurso, a secretária de Educação, Angelita Ortolan, afirmou que desde a abertura do projeto, tinha a certeza de que seria uma parceria relevante e muito importante aos estudantes. “Conseguimos abranger as seis escolas e a APAE, proporcionando ações de cidadania e responsabilidade social, dentro e fora das escolas. É um trabalho voltado para o futuro, que faz o aluno refletir sobre as mais diversas situações do trânsito. O Pé na Estrada também visa incentivar as crianças influenciarem os pais e os amigos, no momento em que ambos estiverem dirigindo ou forem pedestres pelas ruas da cidade, cumprindo com as regras de trânsito e o compromisso de cidadão consciente”, destacou a secretária.

Skip to content